Máquinas que Vendem Livros à R$2,00

4 maio

Alguém aqui já ouviu falar das ‘Vending Machines’, dispostas em várias estações do nosso Metrô? Elas fazem com que milhares de pessoas que antes não tinham acesso à literatura, possam comprar livros por preços que cabem em seus bolsos, quer saber mais?

http://diamondsbooks.blogspot.com/2011/05/as-maquinas-de-vender-livros.html

Resenhando ‘Wake’ por Lisa McMann

3 maio

‘Wake’ é um livro que eu já comprei, e li, há muito tempo. Na verdade, na época eu ainda tinha o meu primeiro blog, e é por isso que eu estou refazendo essa resenha. Como eu estou terminando de ler ‘Gone’, mais um livro que estava na minha prateleira for ages, e que é o terceiro e último volume dessa trilogia, eu resolvi refazer as resenhas de ‘Wake’ e ‘Fade’ para postar aqui antes de postar a de ‘Gone’.

Eu comprei ‘Wake’ na Bienal do Livro ano passado. Foi logo que lançou, então eu ainda  ão tinha ouvido nem lido muito a respeito dele, mas como estava megaaa barato no estande da Novo Século, eu acabei comprando. Acabou que eu amei o livro, naturalmente, uma vez que é muito raro eu errar em uma compra de livro xD.

Amei o tema!! Nunca tinha lido nada que tivesse como tema ‘sonhos’, e acabou que eu gostei muito. Janie descobre, aos 8 anos de idade, que tem um dom (não necessariamente bom). Ela consegue entrar no sonho das pessoas, e ajuda-las, se elas pedirem ajuda. Na verdade não é que ela PODE entrar nos sonhos, ela é sugada para dentro deles, não tendo muita escolha sobre entrar ou não. E até que ela aprenda a lidar com isso, toda vez que alguém dormir perto dela, já era.

Eu simpatizei com a protagonista (Janie), ela não é tontinha, nem melosa ou indecisa. Ela sabe o que quer, tem suas próprias opiniões e modo de agir, além estar sempre muito bem decidida sobre o que e como fazer. A mãe dela é uma tonta, vive bêbada e quando fala com a Janie é para trata-la mal. O pai, no mundo de Janie, não existe.

E o romance? Ai gente, eu amei o romance dessa série. É simples, despretensioso e o casal é esquisitinho, mas eles realmente combinam. Cada um tem seus problemas, e um está sempre ajudando o outro, nas mais diferentes situações, de todas as formas. Eu fiquei babando no casal, sério mesmo.

Agora sobre a escrita da autora. No começo eu estanhei bastante, pois, a Lisa McMann escreve em períodos simples, bem pequenos, breves. O livro não tem muitos detalhes, o que me irritou um pouco no começo, porque eu gosto, realmente gosto de detalhes hahaha, mas depois eu me acostumei e acabei até curtindo o jeitinho de escrever da Lisa. O livro é escrito como uma espécie de diário, com datas e horários nos cabeçalhos, mas não é a Janie que conta, e sim um narrador externo.

 Bom, eu realmente gostei do livro, acabei em dois tempos, porque ele é bem pequeno, fininho e também porque a estória realmente cativa a gente. Se você ainda não leu, leia está mais do que recomendado! Amanhã eu posto a resenha de ‘Fade’, porque agora eu estou muito cansada para reescrevê-la, e provavelmente termino ‘Gone’amanhã à noite. 

Eventos Literários

2 maio

A Galera Record está preparando uma super série de eventos pelo Brasil para os fãs da Série Instrumentos Mortais, quer saber mais? Clique no link e não esqueça de comentar :) 

http://diamondsbooks.blogspot.com/ 

Se você ainda não é seguidor do Diamond’s BookShelf, não esqueça de seguir! Espero vocês lá!!

Resenhando ‘ Quando Cai o Raio’ por Meg Cabot

1 maio

Há tempos eu tinha vontade de ler esse livro e, apesar de tê-lo comprado na pré-venda, eu acabei mandando ele para trás da fila de leitura, ou seja, ele já estava na minha prateleira há algum tempinho esperando para ser lido. O porquê de eu ter deixado ele para depois? Eu tinha lido muitas resenhas negativas a respeito de ‘Quando Cai o Raio’, e queria deixar a má impressão passar antes de ler, para que aquelas resenhas não influenciassem em minha opinião sobre a leitura.

A essa altura vocês já devem saber que eu realmente digo o que penso das minhas leituras, não sou de ficar ‘puxando saco’, então, acreditem quando eu digo que ‘Quando Cai o Raio’ é uma ótima leitura. Apaguei da minha memória todas as opiniões negativas sobre o livro depois de tê-lo lido e formado minha imagem daquele escrito. A estória é maravilhosa, claro, não podemos esperar nada menos que isso vindo da nossa diva do Y.A atual. Meg Cabot sempre consegue inovar em seus livros, criando uma nova estória, um novo personagem, um novo mundo que nos faz esquecer um pouco da monotonia que o nosso é.



Eu nunca tinha lido nenhum livro que envolvesse uma pessoa atingida por um raio, não mesmo, e até posso dizer que quando peguei esse livro para ler estava com um pé atrás sobre esse ser um bom tema de livro juvenil, e também porque não é o tipo de coisa que Meg costuma escrever. Os livros de Meg são, na maioria das vezes, romances melosos, com garotas confusas e apaixonadas por um cara nada a ver e tals, e é por isso que posso dizer que ela se superou escrevendo esse livro.

A linguagem de ‘Quando Cai o Raio’ é bem natural, nada daquelas gírias exageradas e old style que as autoras costumam fazer sair da boca de seus personagens, nem divagações de uma adolescente confusa. Tudo flui tão bem que, depois que você começa a ler, chega tão rápido no final que nem percebe.

Adorei a protagonista desse livro, ela é diferente das outras protagonistas de Meg, ela não é uma adolescente toda confusa com suas ideias e sentimentos, ela é bem decidida e sempre sabe o que quer, o que fazer, qual sua opinião sobre o assunto e como ela deve agir. Achei bem legal também o fato de que ela não é toda feminina, ela bate em caras grandes e fortes, mesmo tendo um metro e cinquenta e poucos centímetros, vive na detenção, é meio durona e mesmo assim, um menino gosta dela. Achei bem legal da parte de Meg mostrar que nem todas as meninas têm de ser iguais, elas podem ter seu próprio estilo, e ser do jeito que quiserem, alguém sempre vai gostar delas.

Achei muito legal a família que Meg criou para essa protagonista. É uma família comum, que tem problemas, um pai trabalhador, uma mãe super protetora, um irmão nerd e um irmão especial, e claro, Jess. E apesar de tudo isso, eles são super felizes, se amam, e são muito ligados uns aos outros. Um tema muito legal que Meg explorou ao criar essa família foi a esquizofrenia. É um assunto bem delicado, que foi tratado com cuidado na estória, e eu achei bem legal.

Os outros personagens não foram muito aprofundados. Rob é um galã bem diferente, eu gostei do jeitinho dele, mas me irritei com ele em algumas partes, vocês vão entender o porquê quando lerem!!  Ele é muito misterioso, o que significa que algumas informações sobre ele ficaram no ar, e eu não vejo a hora de descobri-las. Ruth, a melhor amiga de Jess, não foi a minha personagem favorita não viu, ela é bem sem sal, sem graça nem nada, sei lá.

Outra coisa que eu queria comentar é que apesar de o livro ser uma espécie de ficção, eu nem me senti como se estivesse lendo algo irreal. Meg soube combinar tão bem o mundo real com os super poderes que Jess adquire com o raio, que você nem percebe que aquilo é ficção.

Eu gostei bastante desse livro, e realmente espero que a continuação seja lançada logo, se começar a demorar, acho que vou comprar em inglês mesmo hahaah. Espero que vocês gostem do livro e tenham mais uma ótima leitura.

Não deixem de participar da promoção que está rolando lá no Diamond’s BookShelf, e comentem nos posts hein!! Eu fiz um vídeo de caixinha de correio ( meu primeiro vídeo, yayy), mas tive uns probleminhas com o áudio, então amanhã vou tentar arrumar e aí posto para vocês!!

Uma ótima semana para todos, e até o próximo post!


Resenhando ‘Footloose’ por Kate Cann

28 abr

Eu demorei para fazer essa resenha, né gente? Desculpem, eu estava meio sem inspiração para escrever ¬¬’, enfim.

Antes da resenha, eu queria lembrar para vocês que está rolando um sorteio de dois livros no meu novo blog. Se você não faz a mínima ideia do que eu estou falando, clique aqui, e para participar da promoção, clique aqui. Não deixem de comentar nos posts hein!! Agora vamos ao que interessa.

Clique na imagem para mais informações.

Kelly e suas amigas, Jade e Sarah, vão passar as férias em uma fazenda maravilhosa, na Grécia. Cada uma tem um tipo de personalidade e uma história de vida, e precisam aprender a conviver em harmonia. Kelly e o namorado estão dando um tempo, e ela não sabe o que fazer da vida. Jade sabe muito bem o que quer da vida e parece uma conquistadora fatal, enquanto Sarah é totalmente caseira e introspectiva. Altos agitos, paqueras, romances e muitas surpresas vão rolar nas paradisíacas praias gregas, nos barzinhos… e em outros lugares também!

Eu li ‘Footloose’ durante o feriado, logo depois de terminar ‘Água Para Elefantes’ (pois é, eu passei o meu feriado lendo e tomando sol na chácara dos meus avós :D), e foi com certeza a melhor coisa que eu fiz, o momento era perfeito. ‘Footloose’ é um livro que combina muito com feriado, sol, praia, férias, ótimo para ler em viagens e relaxar um pouco.

O enredo é bem leve, envolvendo três amigas numa casa na Grécia, cinco amigos num furgão pelo mundo, um namoro mal resolvido e jovens loucos por diversão e aventuras.

Apaixonei-me instantaneamente pelo livro. Logo na primeira página ele já me cativou. O começo não é cheio de enrolação e contextualização; simplesmente começa a estória, e você vai se situando aos poucos.

Nessa leitura você vai encontrar baladas, praia, muito sol, caras gatos, um pouquinho de pegação e intrigas, reconciliações e desenvolvimento pessoal e emocional das personagens.

Ao contrário do que parece, a estória não é nada fútil. Apesar de toda a farra, baladas, beijos, intrigas e viagens mirabolantes, o que é explorado mesmo, é o desenvolvimento emocional das personagens, o modo como elas convivem umas com as outras. Praticamente todo mundo melhora, muda, percebe seus erros e defeitos.

As personagens são ótimas. A protagonista é uma graça, achei ela totalmente equilibrada, poderia ser qualquer uma de nós. Ela não é rica nem pobre, nem santa, nem toda errada, nem irritada, nem calma de mais. Na minha opinião, era ela quem equilibrava o grupo. As outras duas meninas que estavam na viagem com ela eram totalmente o oposto uma da outra. Uma, super confiante de si, líder nata, despreocupada, desbocada, falante, irresponsável, pegadora, comunicativa e até meio arrogante. A outra, totalmente responsável, na dela, nem um pouco confiante, santinha, quieta e submissa. Diferentes, não?

Juntas, elas rendiam ótimas situações para nos entreter, e até fazer a gente sentir invejinha delas lá na Grécia. Então, se você quer uma leitura leve para o seu momento relax, esse livro está super indicado.

Ele não é muito grande, tem umas 270 páginas, e ainda por cima as letras são meio grandes, então é moleza terminar ele em umas 4 horas (como eu fiz), ou em um fim de semana se você não lê tão rápido.

Uma coisa triste é que eu não consegui achar o livro para comprar, embora eu não tenha procurado em todos os lugares. Eu acabei alugando ele na biblioteca da minha escola para poder ler, vale muito apena viu?!

Já foi feita até uma adaptação do livro para filme, e é antiguinha essa adaptação (adoroo esses filmes vintage), mas aposto que é super legal. Eu vou tentar alugar nesse fim de semana pra assistir, e depois conto para vocês o que eu achei.

Espero que vocês curtam a leitura, e não se esqueçam de participar da promoção :) e visitar o novo blog ! s2

 

      

Diamond Promoção pra Vocês !

27 abr

E hoje damos início a mais uma promoção aqui no ‘Books Are Diamonds’, mas dessa vez, vai ser um pouquinho diferente!

Eu criei mais um blog (sim, sou louca, eu sei) para complementar o Books Are Diamonds (e porque eu estava cansanda de escrever só aqui, não tentem entender). Lá vocês vão encontrar coisas diferentes do que encontram aqui, como dicas para escrever bem, fichas técnicas de livros, autores e personagens, informações sobre livros que caem no vestibular e muitas outras coisas, espero que vocês gostem!!

Então, voltando à promoção, cliquem no link abaixo para ir para o post da promo, no outro blog da rede Diamonds  :D

http://diamondsbooks.blogspot.com/2011/04/promocao-de-inauguracao.html

Espero que vocês gostem! Ainda essa semana eu começo a postar lá! E já tenho duas resenhas para postar aqui antes do fim de semana, fiquem ligados!

Dois em Um – Uma Novidade e Um Lançamento – Love It

26 abr

Hoje é um dia muitoo especial para mim!! O Books Are Diamonds conseguiu sua primeira parceria com uma EDITORA !! Vou apresentar nossa nova parceira, e depois você vão ter o prazer de ler uma entrevista com a Kézia Lôbo, autora do livro ‘O Coração de Salatiel’, lançado pela Editora Dracaena.

A Dracaena é uma das mais novas editoras que está inaugurando no mercado livresco do Brasil, tem por objetivo principal dar apoio aos nossos novos autores brasileiros, os que estão saindo do forno e aos que já estão no mercado há um tempinho. Então para que melhor vocês possam conhecê-la realizamos uma pequena entrevista. A Editora faz parte do Grupo Oxigênio e é comandada pelo escritor Léo Kades! 

Quer saber mais sobre a Editora Dracaena? Clique aqui.

 Eu estou louca de vontade de ler o livro da Kézia Lôbo, me cativou cem por cento. A estória é 10, a capa é linda, e pela entrevista, deu para ver que a Kézia é super simpática. 


Lenora está completando seu 18º aniversario, e está ansiosa para receber o misterioso presente que sua mãe lhe deixou antes de morrer. Além disso, ela tem ouvido boatos que Malghalad, o rei que governa Galahar, está destruindo a todos os que se rebelam contra ele e que possuem ou praticam qualquer espécie de magia. E que junto com o Feiticeiro Negro procura por um colar lendário perdido. A notícia a perturba, pois ela esconde um segredo: Lenora é uma Elemental do ar, a única que conseguiu sobreviver desde que Malghalad começou a matar os elementais. Porém sua vida muda quando recebe o tão esperado presente e descobre que é um magnífico colar mágico que os antepassados acreditavam serem lendas, chamado: O Coração de Salatiel, que foi forjado pelo Ser Mágico mais poderoso do início das eras. Agora ela terá que correr para salvar a sua vida. E com a ajuda de um mago cego, um guerreiro fracassado e um príncipe fugitivo, irá enfrentar fugas arriscadas para encontrar a resistência, conhecerá o deslumbrante mundo dos Seres Mágicos, descobrirá o valor do perdão, da amizade e do amor, e terá que enfrentar a maior responsabilidade de todas: salvar o povo de Galahar antes que tudo o que conhece seja destruído.

Confira a entrevista com a blogueira e escritora Kézia Lobo, autora do livro O Coração de Salatiel, novo lançamento da Editora Dracaena.


1 – Quem é Kézia Lobo?

Paraense de nascimento, mas gaúcha de coração. Viciada em chocolate, leitora compulsiva e cinéfila. Uma pessoa bastante sonhadora, que vive uma parte do tempo em um mundo surreal, mas bem centrada na realidade. Gosto muito de tudo que seja relacionado à Arte, como a escrita, pintura, música. Tudo que explore a bela capacidade que o ser humano tem de criar e recriar. Sou muito família e amigos e acredito demais em Deus.

2 – Como escritora, quais são os autores que lhe serviram de influência?

Curto todos os tipos de literaturas, mas as que se baseiam na Fantasia e no Sobrenatural são os meus preferidos. J. R. R. Tolkien, C. S. Lewis e Frank Peretti são as minhas referências.

3 – Cite 5 livros que você considera ser indispensável.

A Bíblia, O Morro dos Ventos Uivantes de Emily Brontë, A Trilogia O Senhor dos Anéis de Tolkien e Orgulho e Preconceito de Jane Austen.

4– Você está lançando seu primeiro livro pela Editora Dracaena, fale um pouco sobre o livro ‘O Coração  de Salatiel’.

Por ser muito fã de Tolkien, simplesmente queria criar uma historia baseada na fantasia, O Coração de Salatiel surgiu com a ideia de um colar mágico onde tivesse metade do coração de um ser poderoso.

Um dia estava assistido a jornal da noite, havia uma noticia que falava da Montanha das Sete Cores de Purmamarca que fica na Argentina e tem uma historia meio mística, gostei demais do nome da montanha, dae veio toda a inspiração completa para começar a escrever O Coração de Salatiel (vocês irão entender quando lerem a história).

Depois disso o resto da narrativa começou a fluir com mais facilidade, com toda a historia pronta, comecei a escrever. Lenora é portadora desse coração mágico e é uma elemental do Ar, só que os humanos elementais estão quase extintos em Galahar e ela precisa esconder isso.

Ela inesperadamente recebe esse lendário colar e desencadeia uma sucessão de acontecimentos. Pois Malghalad o rei de Galahar, deseja essa joia ardentemente. Ela conhece pessoas diferentes e vive altas aventuras.

5 – O que os leitores podem esperar desse trabalho?

Como é o meu primeiro trabalho, estou muito ansiosa, pois a aceitação dos leitores é fundamental. Tentei escrever da melhor maneira possível, coloquei bastante aventura e ação, algumas lições de aprendizagem, muita magia e tentei não deixar a história muito previsível.

6 – Como foi o processo de escrever um livro e buscar uma editora que o publicasse?

Escrever no começo foi difícil, já vi vários comentários de pessoas dizendo que é fácil escrever um livro, mas na minha humilde opinião, não é tão simples assim.

Requer muita concentração e paciência, e tem que ter uma boa base da história que se vai contar para o enredo poder deslanchar, sem contar que dependendo do que o autor vai escrever, tem que ter uma boa pesquisa e cuidado com as palavras.

Mas apenas no início tive certa dificuldade, depois a história fluiu bem.

Quanto ao processo de uma busca por uma editora, foi bem trabalhoso, pois terminei de escrever ele em dezembro de 2009 e enviei os originais para varias editoras, sendo aceito por apenas duas.

Têm várias editoras que abrem espaço para autores nacionais iniciantes, mas como blogueira literária, lia algumas criticas com o descaso que algumas dessas editoras tem para com os novos autores e a falta de investimento neles, mostrando certa falta de responsabilidade com a obra publicada, isso também conta muito na hora de escolher uma editora, então ficava muito receosa.

Sem contar que as grandes editoras dificilmente abrem espaço para os novos autores.

Esperei até encontrar a Dracaena, que me passou credibilidade e um interesse real de querer publicar minha obra por achar que era boa, e não por apenas publicar.

7 – A editora Dracaena irá distribuir o seu livro á nível nacional e internacional, o que você espera com isso?

Bah! Isso é muita responsabilidade, pois abrange o número de leitores que passarão a conhecer a minha obra, mas também abre uma oportunidade imensa em relação a continuar escrevendo, pois na próxima criação terei muito mais leitores e credibilidade.

E claro que traz uma oportunidade única de (quem sabe) fazer sucesso que nem os escritores estrangeiros fazem aqui no Brasil.

8 – Que dica você daria aos novos autores que estão em busca de “um lugar ao sol” e que sonham em ter seu livro publicado?

Escrevam o que gostam ou o a literatura que mais se identificam, mas sempre pensando no que os seus futuros leitores esperam de vocês, pois atualmente temos tido leitores rigorosos e autocríticos, pois querem diversão com qualidade e uma boa historia para ler.

Procurem uma editora que valorizem o trabalho de vocês, que não publiquem apenas por publicar. E se vocês mandarem os originais para 10 editoras, não desistam, se tiver que reenviar, faça isso, pois muitas delas devolvem os originais sem ao menos terem lido a sua obra.

Mas não desistam enviam quantos originais para quantas editoras puderam, que uma com certeza vai acabar lendo e gostando! E escrevam e leiam bastante.

9 – Para os interessados em comprar o seu livro, como devem proceder?

Bom, podem comprar pelo site http://www.dracaena.com.br ou pelas lojas:

Livrarias Saraiva : http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/3440501/o-coracao-de-salatiel/?ID=BD70BD3F7DB040B0B0F1E0507

Siciliano: http://www.siciliano.com.br/produto/3440501/o-coracao-de-salatiel/3440501?ID=BB370F127DB040D0A0C360762&FIL_ID=102

Loja Singular: http://www.lojasingular.com.br/o-corac-o-de-salatiel_9788564469136.html

Submarino: www.submarino.com.br

Em breve divulgarei links de outras lojas pois o livro ainda está em processo de cadastro em várias delas.

10 – Deixe um recado aos nossos leitores.

Ae Galerinha linda! Valeu por acompanharem essa conversa. Espero que gostem do meu livro. Desejo tudo de bom pra vocês, pois sem vocês nós escritores não somos nada! E que tudo que desejarem se torne realidade! XD

Conheça mais sobre a autora : http://ofantasticomundodaarte.blogspot.com/

Vamos comprar o livro galera, nossos escritores precisam de incentivo, vamos ajudar no desenvolvimento da literatura BRASILEIRA!