Resenhando ‘ Quando Cai o Raio’ por Meg Cabot

1 maio

Há tempos eu tinha vontade de ler esse livro e, apesar de tê-lo comprado na pré-venda, eu acabei mandando ele para trás da fila de leitura, ou seja, ele já estava na minha prateleira há algum tempinho esperando para ser lido. O porquê de eu ter deixado ele para depois? Eu tinha lido muitas resenhas negativas a respeito de ‘Quando Cai o Raio’, e queria deixar a má impressão passar antes de ler, para que aquelas resenhas não influenciassem em minha opinião sobre a leitura.

A essa altura vocês já devem saber que eu realmente digo o que penso das minhas leituras, não sou de ficar ‘puxando saco’, então, acreditem quando eu digo que ‘Quando Cai o Raio’ é uma ótima leitura. Apaguei da minha memória todas as opiniões negativas sobre o livro depois de tê-lo lido e formado minha imagem daquele escrito. A estória é maravilhosa, claro, não podemos esperar nada menos que isso vindo da nossa diva do Y.A atual. Meg Cabot sempre consegue inovar em seus livros, criando uma nova estória, um novo personagem, um novo mundo que nos faz esquecer um pouco da monotonia que o nosso é.



Eu nunca tinha lido nenhum livro que envolvesse uma pessoa atingida por um raio, não mesmo, e até posso dizer que quando peguei esse livro para ler estava com um pé atrás sobre esse ser um bom tema de livro juvenil, e também porque não é o tipo de coisa que Meg costuma escrever. Os livros de Meg são, na maioria das vezes, romances melosos, com garotas confusas e apaixonadas por um cara nada a ver e tals, e é por isso que posso dizer que ela se superou escrevendo esse livro.

A linguagem de ‘Quando Cai o Raio’ é bem natural, nada daquelas gírias exageradas e old style que as autoras costumam fazer sair da boca de seus personagens, nem divagações de uma adolescente confusa. Tudo flui tão bem que, depois que você começa a ler, chega tão rápido no final que nem percebe.

Adorei a protagonista desse livro, ela é diferente das outras protagonistas de Meg, ela não é uma adolescente toda confusa com suas ideias e sentimentos, ela é bem decidida e sempre sabe o que quer, o que fazer, qual sua opinião sobre o assunto e como ela deve agir. Achei bem legal também o fato de que ela não é toda feminina, ela bate em caras grandes e fortes, mesmo tendo um metro e cinquenta e poucos centímetros, vive na detenção, é meio durona e mesmo assim, um menino gosta dela. Achei bem legal da parte de Meg mostrar que nem todas as meninas têm de ser iguais, elas podem ter seu próprio estilo, e ser do jeito que quiserem, alguém sempre vai gostar delas.

Achei muito legal a família que Meg criou para essa protagonista. É uma família comum, que tem problemas, um pai trabalhador, uma mãe super protetora, um irmão nerd e um irmão especial, e claro, Jess. E apesar de tudo isso, eles são super felizes, se amam, e são muito ligados uns aos outros. Um tema muito legal que Meg explorou ao criar essa família foi a esquizofrenia. É um assunto bem delicado, que foi tratado com cuidado na estória, e eu achei bem legal.

Os outros personagens não foram muito aprofundados. Rob é um galã bem diferente, eu gostei do jeitinho dele, mas me irritei com ele em algumas partes, vocês vão entender o porquê quando lerem!!  Ele é muito misterioso, o que significa que algumas informações sobre ele ficaram no ar, e eu não vejo a hora de descobri-las. Ruth, a melhor amiga de Jess, não foi a minha personagem favorita não viu, ela é bem sem sal, sem graça nem nada, sei lá.

Outra coisa que eu queria comentar é que apesar de o livro ser uma espécie de ficção, eu nem me senti como se estivesse lendo algo irreal. Meg soube combinar tão bem o mundo real com os super poderes que Jess adquire com o raio, que você nem percebe que aquilo é ficção.

Eu gostei bastante desse livro, e realmente espero que a continuação seja lançada logo, se começar a demorar, acho que vou comprar em inglês mesmo hahaah. Espero que vocês gostem do livro e tenham mais uma ótima leitura.

Não deixem de participar da promoção que está rolando lá no Diamond’s BookShelf, e comentem nos posts hein!! Eu fiz um vídeo de caixinha de correio ( meu primeiro vídeo, yayy), mas tive uns probleminhas com o áudio, então amanhã vou tentar arrumar e aí posto para vocês!!

Uma ótima semana para todos, e até o próximo post!


Anúncios

4 Respostas to “Resenhando ‘ Quando Cai o Raio’ por Meg Cabot”

  1. Marta 7 de maio de 2011 às 8:29 am #

    Ok, vou admitir algo embaraçoso na minha vida: nunca li Meg Cabot.
    Acho que não sou muito fã desse estilo, mas a verdade é que eu acho que nunca peguei um livro desse tipo para ler :/
    Sempre que vou comprar livros acabo optando por um de fantasia, subrenatural ou terror, esqueço completamente dos outros estilos.
    Acredito que é uma fase minha, talvez a Meg se torne a minha escritora favorita um dia :D

  2. Nanda 2 de maio de 2011 às 1:36 pm #

    A capa do livro nao é nada animadora, mas realmente ele parece mttt’ bom de verdade, pelo menos aqui pela sua resenha eu fiquei com mt vontade de ler :D

    Beijos, Nanda
    http://www.julguepelacapa.blogspot.com

  3. 1 de maio de 2011 às 9:29 pm #

    Como sempre, a diva Meg Cabot arrasando! Eu até tinha pego no livro na Saraiva para comprar, mas no final acabei optando por levar Como Se Livrar de um Vampiro Apaixonado. É, eu sou louca!
    Mas gostei bastante da sua resenha, Gih, me deixou com super vontade de ler e ainda mais certa de que com a Meg Cabot, não tem erro! Eu sempre vou amar todas as estórias que essa mulher escrever. To-tal diva!!!! <3

    xx

    Only The Strong Survive

  4. Suelen Mattos 1 de maio de 2011 às 9:25 pm #

    Nossa, juro que não dei nada por esse livro quando vi a capa dele. Mas agora fiquei com vontade de lê-lo!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: